/, CLPs e IHMs/Saiba como Selecionar uma IHM Delta

Saiba como Selecionar uma IHM Delta

A IHM ou interface homem-máquina é um equipamento que tem a função de proMOVer a interação entre equipamentos de automação e usuários. Neste sentido, a IHM Delta possui como característica várias portas de interface para comunicação ráPIDa e controle conveniente que por sua vez pode ser aplicado a uma gama diversa de máquinas, sistemas e instalações.

O ecrã táctil a cores da IHM Delta possibilita que parâmetros sejam inseridos e que os dados variáveis sejam melhor apresentados, incluindo alarmes e gráficos de tendências. Já o monitoramento e controle em tempo real pode ser visualizado pelo visor LCD de alta resolução. O software de edição é fácil de ser utilizado e orienta os usuários a criarem raPIDamente ícones visuais e a projetar facilmente telas de monitoramento intuitivas para aplicativos ao mesmo tempo em que faz ajustes, agendamento e programação de sequências operacionais que aumentam a flexibilidade e economizam tempo de desenvolvimento.

Solicite Orçamento de IHM com melhor Custo Benefício do MercadoSoftware Grátis, Windows CE com HTML e compatível com todos os tipos de CLP do mercado.

Todas as características mencionadas acima possibilitam um ráPIDo desenvolvimento do projeto e simplifica a instalação e a fiação, economizando despesas operacionais e tornando os sistemas mais eficientes eliminando assim o tempo de ajuste e os custos adicionais de manutenção.

Uma IHM Delta pode ser encontrada no mercado em três diferentes modelos (DOP-B, DOP-H e DOP-W). Todos os modelos fornecem diferentes tamanhos de IHM, com dimensões, cores e resoluções múltiplas. A IHM Delta pode oferecer ainda funções de controle a fim de atender diferentes aplicações industriais.

1 – IHM Delta DOP B

A Interface Homem Máquina (IHM) da Série DOP oferece várias telas sensíveis ao toque com diferentes dimensões e cores. Também oferece funções de controle ráPIDas e convenientes para máquinas de automação industrial. Além disso, o DOPSoft Screen Editor e o Software de Programação baseados no Windows configuram toda a Série DOP com o DOPSoft. Nele os usuários podem editar imagens e gráficos raPIDamente. Abaixo você pode ver como é a codificação da IHM DOP-B.

ihm delta dop b codificacao IHM delta DOP B codificacao

Figura 1 – IHM Delta DOP B.

Quando falamos da IHM Delta temos algumas características como:

Tamanho do Display: O tamanho de uma IHM Delta, como em qualquer aparelho eletrônico que possui uma tela ou visor, é dado em polegadas sendo que esta medida é referente à diagonal do display como na Figura abaixo. Assim, podemos converter polegadas em centímetros (1 polegada = 2,54 centímetros).

ihm delta medida da tela ihm delta medida da tela 300x173

Considerando a moldura em volta do display, temos as seguintes medidas para a IHM Delta DOP B:

  • 03: 129 x 103 (LxA);
  • 07: 215 x 161 (LxA);
  • 10: 299 x 210 (LxA);

Lembre-se que aqui temos somente uma noção. O ideal é sempre consultar o manual.

Tipo: A IHM Delta possui por padrão portas de comunicação rs232, RS422 e rs485. No entanto, alguns modelos podem possuir adicionalmente uma porta de comunicação Ethernet. Funções avançadas na IHM Delta e a opção de entrada VGA também podem definir o tipo.

Resolução: Com relação à resolução, a IHM Delta pode ser QVGA, SVGA, WVGA ou WXGA. Abaixo podemos ver uma tabela dos diferentes tipos de resolução:

TipoAspect RatioResolução
QVGA4:3320 x 240
SVGA4:3800 x 600
WVGA5:3800 x 480
WXGA16:101280 x 800

Periféricos de Interface: Podem ser com cartão SD ou entrada para USB. Abaixo você pode ver uma Figura da parte traseira da IHM DOP – B07:

ihm delta dop7 ihm delta dop7

Tanto a transferência de dados importantes quanto os programas desenvolvidos podem ser realizados de forma intuitiva justamente pelo fato da IHM ter a porta USB. Também não há a necessidade de se preocupar com o tamanho de históricos e receitas devido ao fato de que a capacidade de armazenamento pode ser facilmente aumentada.

Um procedimento simples consegue economizar memória tanto na IHM Delta como no CLP. A IHM pode ser configurada para salvar dados em arquivos .CSV e assim ela é capaz de liberar memória quando estiver no seu limite. Uma vez tendo estes dados salvos, é possível acessar e editar os mesmos no Excel.

ihm delta historicos e alarmes1 ihm delta historicos e alarmes1

Alarmes e históricos podem ser armazenados diretamente em um arquivo .CSV para que posteriormente possam ser acessados pelo PC.

ihm delta historicos e alarmes 2 ihm delta historicos e alarmes2

O bakup dos projetos podem ser armazenados em um pen drive que posteriormente podem ser transferidos para a IHM.

ihm delta historicos e alarmes 3 ihm delta historicos e alarmes3

2 – IHM DOP W

A série DOP-W é uma Interface Homem Máquina (HMI) que vem com um ecrã táctil de alta resolução e alto brilho em tamanhos de 10,4 “, 12” e 15 “. Com o processador Cortex-A8 mais recente para onda de pulso de até 1GHz, a Série DOP-W oferece alto desempenho com resposta rápida. Seu gabinete de alumínio robusto e com certificação CE protege contra vibrações e mudanças de temperatura ambiente e possui um painel frontal impermeável IP65 para ambientes agressivos. As colunas estéreo incorporadas também aumentam a utilidade e a flexibilidade. A Série DOP-W cumpre com as aprovações de segurança CE e UL e fornece uma solução eficiente e competitiva para atender às necessidades dos clientes em uma ampla gama de aplicações de automação industrial de ponta.

Abaixo, podemos ver como funciona a codificação de IHM DOP-W:

 

ihm delta dop b w codificacao IHM delta DOP B w codificacao

Formado em Engenharia Elétrica pela UNESP (Universidade Estadual Paulista) com Pós Graduação MBA em Gestão de Projetos pela FVG (Fundação Getúlio Vargas) e certificação internacional em Gestão de Projetos pelo PMI (Project Management Institute). Também possui certificação Green Belt em Lean Six Sigma. Atuou na implantação dos pilares de Engenharia de Confiabilidade Operacional e Gestão de Ativos Industriais em grandes empresas como Votorantim Metais (CBA) e Votorantim Cimentos. Como Gerente de Projetos pela Siemens e Citisystems, coordenou vários projetos de automação e redução de custos em empresas como Usiminas, JBS Friboi, Metso, Taesa, Cemig, Aisin, Johnson Controls, Tecsis, Parmalat, entre outras. Possui experiência na implementação de ferramentas Lean Manufacturing em empresas como: Faurecia, ASBG, Aisin Automotive, Honda, Unicharm e Flextronics. Atualmente é Diretor de Projetos na empresa Citisystems e membro do Conselho de Administração da Inova, organização gestora do Parque Tecnológico de Sorocaba.