Um contador é um componente simples aplicado para contar pulsos. Usá-lo, no entanto, às vezes pode ser um desafio, porque cada fabricante de CLP (por qualquer motivo) parece usá-los de forma diferente. No entanto, tenho certeza de que as informações a seguir vão lhe fornecer um melhor entendimento sobre este componente de forma que você será capaz de programar CLPs facilmente utilizando os contadores.

são utilizados para indexar, incrementar ou decrementar valores.

Quais os Tipos de Contadores que Existem?

Usualmente, temos três tipos de contadores: o primeiro deles é o que conta ascendente (1,2,3,….) e este tipo pode recebe diferentes nomes, dependendo do fabricante (CTU, CTN, C ou CTR). Em segundo, temos os que fazem a contagem descendente (9,8,7,6,…..) que normalmente são chamados de CTD. Por fim, temos os contadores Up/Down que são capazes de contar ascendente e/ou descendente sendo tipicamente denominados de UDC (contador up-down).

Muitos fabricantes têm apenas um ou dois tipos de contadores que como vimos podem ser utilizados para contar para cima, para baixo ou ambos. Mesmo que haja diferentes formas de aplicar este componentes dependendo do fabricante, não se preocupe pois contador é contador e o mais importante é saber o conceito. A maioria dos fabricantes também incluem um número limitado de contadores e com relação a velocidade, os contadores podem ser implementados por hardware ou software. Os contadores de hardware (HSC ou CTH) não são dependentes do tempo de varredura do CLP e são capazes de realizar contagens a altas frequências, diferentemente dos contadores implementados em software que possuem total dependência do tempo de varredura do CLP.

Se você tiver dúvida sobre qual aplicar, uma boa regra de ouro é simplesmente usar sempre os contadores normais (software) a menos que os pulsos que você está contando sejam mais ráPIDos do que 2X o tempo de varredura do CLP. (Ou seja, se o tempo de varredura é de 2 ms, o pulso de contagem deve ser igual ou superior a 4ms. Caso o tempo de pulso for inferior a 2X o tempo de varredura do CLP, é recomendado utilizar o contador de hardware.

Os Contadores Padrão Rockwell

Na linguagem Ladder padrão Rockwell, podemos visualizar três componentes que geralmente são utilizados:

CTU – Contador Ascendente (Count Up): Realiza uma contagem ascendente até o valor máximo definido (PRE);

CTD – Contador Descendente (Count Down): Realiza uma contagem descendente a partir do valor acumulado (ACC) até o valor mínimo definido (PRE);

RES (Reset) – Faz o zeramento da contagem.

Os contadores possuem a função de incrementar valores a cada transição de falso para verdadeiro e são capazes de reter este valor quando a instrução vai para falso ou quando não há energia. Vejamos abaixo como funciona o contador CTU:

Contador CTU

O símbolo do CTU pode ser visualizado abaixo, sendo que ele possui as seguintes características:

contadores ascendente ladder clp

  • É uma instrução que conta quando existe transição de falso para verdadeiro (0 para 1). Quando esta transição ocorre, o valor é incrementado de 1 em 1;
  • Uma contagem acumulada no CTU pode ser zerada (Resetada) através da instrução RES;
  • Se o valor acumulado ultrapassar o valor máximo definido, então OV fica setado (1).

Você Gostou Deste Artigo?
Cadastre-se hoje e receba atualizações por e-mail. Respeitamos a sua privacidade e você nunca terá seu e-mail divulgado.

Cada endereço de contador é composto por 3 elementos de palavra (WORD) que se organizam da seguinte forma:

Primeira Palavra – Bits de controle do contador que se organizam conforme mostrado abaixo:

Bit 0-7 – Uso interno

Bit 10: UA – Atualização do valor acumulado;

Bit 11: UN – Underflow Bit

Bit 11: OV – Overflow Bit

Bit 13: DN – Done

Bit 14: CD – Count Down is enabled

Bit 15: CU – Count Up is enabled

Preset (PRE)

Segunda Palavra – armazena o valor presetado (PRE) e tem as seguintes características:

  • Especifica o valor, o qual o contador deve atingir antes do controlador setar o bit DN (Done). Quando o valor do acumulador ficar igual ou maior do que o valor presetado, o status Done vai para 1. Você pode utilizar este bit para controlar uma saída.
  • O valor PRE pode variar de -32.768 a 32.767;
  • Se um valor negativo for inserido para o preset, um erro será reportado.

Acumulado (ACC)

Terceira Palavra – armazena o valor acumulado (ACC) e possui a caraterística de contar armazenar o valor que foi contado a partir do número de vezes em que ocorreram transições de falso para verdadeiro desde que o contador foi energizado pela primeira vez.

Reset (RES)

Utiliza a instrução RES para resetar temporizadores e contadores. Quando a instrução RES é ativada, ela reseta os seguintes componentes, desde que endereçados corretamente: Timer on Relay, Retentive Timer e Conter Up. O componente Couner Down tem o mesmo endereço que a instrução RES.