O seiketsu é a quarta fase do programa 5s que representa padronização. O pensamento que impera nesta etapa é: Para existir qualidade, é preciso padronizar e cuidar da aparência, pois quem não cuida bem de si mesmo não pode produzir ou comercializar produtos e serviços de qualidade.

seiketsu seiketsu senso de limpeza 300x199

seiketsu: como está o senso de limpeza em sua empresa? Fonte: FreeDigitalPhotos.net

O seiketsu pode ser apresentado pela perspectiva “Ação tomada pela empresa”. Todavia, há uma outra perspectiva de “Ação tomada pelo indivíduo” tão importante quanto que deve ser dada devida atenção, pois somente com a atitude interna do indivíduo que o todo pode ser beneficiado. A frase de Gandhi “Seja a mudança que espera do mundo” reflete muito bem esta fase. No seiketsu, é definido um padrão de limpeza para a empresa que será medido, acompanhado e cobrado posteriormente. Os principais resultados esperados com a implantação do seiketsu são:

  • Assegurar que os benefícios das fases anteriores (Seiri, Seiton e Seiso) sejam respeitados;
  • Auto-estima por trabalhar em um local limpo e seguro;
  • Menor esforço na manutenção da limpeza no dia-a-dia;
  • Elevar a moral pela manutenção do esforço investido nas fases anteriores;
  • ProMOVer a afirmação de um novo pensamento e cultura de organização;
  • Minimizar quebra de equipamentos;
  • Eliminar condições inseguras e e melhorar a segurança do local de trabalho;
  • Cumprir o acordado, colaborar e respeitar o trabalho de outros funcionários;
  • Melhorar de forma consistente a produtividade, a qualidade e o ambiente da organização.

Como ter um padrão a fim de manter a empresa limpa?

É importante criar na organização rotinas de limpeza com periodicidades semanais, quinzenais ou mesmo mensais. O desenvolvimento de tarefas e de controles (checklist) para monitorar esta fase é bastante usual. Outrossim, é preciso disponibilizar as ferramentas necessárias para realizar o acompanhamento e encontrar as fontes de sujeiras de forma a eliminá-las. Neste ponto, é importante analisar se dentro do processo é possível fazer ajustes em procedimentos e em máquinas para que as mesmas poluam menos o ambiente de trabalho com seus resíduos. O controle visual pode ser adotado, e em alguns casos a administração poderá aplicar fotos de como o setor tem que ficar após o expediente para então os funcionários poderem visualizar se a qualidade está sendo mantida. Algumas questões podem ser levantadas durante este processo para nos ajudar a implementar o seiketsu. Veja algumas:

  • Quais são as tarefas que necessitam ser realizadas em cada área?
  • Quais são as ferramentas necessárias para realizar estas tarefas?
  • É preciso estabelecer alguma sequência na realização destas tarefas?
  • Quanto tempo será necessário para executar cada tarefa?
  • Qual é a fonte da sujeira deste setor?
  • É necessário fazer a limpeza de quais ferramentas antes de guardá-las?
  • Qual é o padrão de limpeza estabelecido para as máquinas?
  • As áreas estão bem iluminadas?
  • Como está o nível de ruído entre as áreas?
  • A temperatura do ambiente está adequada?
  • Quais situações provocam poluição sonora, do ar ou mesmo do ambiente?

Você Gostou Deste Artigo?

Cadastre-se hoje e receba atualizações por e-mail. Respeitamos a sua privacidade e você nunca terá seu e-mail divulgado.

 

Seiketsu e Melhoria contínua

É importante ter em mente o conceito de melhoria contínua (Kaizen) neste importante momento do programa, pois melhor do que criar as tarefas, é eliminá-las! Se pararmos para fazer uma reflexão, percebemos que muitas vezes são definidas tarefas de limpeza e organização devido a algumas circunstâncias que quando modificadas, alteram as atividades criadas para tal. Ajustes no lay-out da planta e modernização de máquinas são exemplos que podem afetar diretamente as rotinas da empresa. Em busca da melhoria contínua do ambiente e da qualidade de vida, estão relacionados alguns fatores que merecem atenção e podem passar desapercebidos. Veja algumas atitudes que a empresa pode tomar para melhorar ainda mais o ambiente:

  • Estimule a utilização de roupas e uniformes adequados, mantendo eles conservados e de preferência bonitos;
  • Difundir o bom relacionamento dos funcionários;
  • Ofereça curso de maquiagem e de cuidados pessoais;
  • Incentive a equipe a propor idéias e melhorias a serem aplicadas na perspectiva do seiketsu;

Como mudar o comportamento?

Cada empresa vive em um momento do ciclo de vida e por este motivo, pode exigir muita energia e investimento da administração que aplica pela primeira vez o programa 5s. É fundamental ter como meta a mudança de comportamento dos funcionários e transformar “tarefas obrigatórias” em “maneiras de trabalhar”. Há estudos que apontam que para uma tarefa ser considerada rotina, ela deve ser aplicada por 21 dias consecutivos, considerando as mais diferentes atividades. Isso nos mostra como é de extrema importância a cobrança pela disciplina neste primeiro momento. Trabalhar com a comunicação interna também é importante. O desenvolvimento de cartazes para estimular a limpeza e higiene, a implantação de sinalização interna, padronização de etiquetas aplicadas nas ferramentas e nas máquinas, etc. É preciso comunicar e se fazer entender.

Cursos Online de 5S

curso 5s avancado1

Curso 5S Codeva

Curso 5S Codeva

Saiba Mais

Curso cheio de exemplos em que o aluno pode aprender a implantar e utilizar o 5s na empresa que trabalha. Curso com duração de 16 horas e 32 vídeo aulas com certificado.

Saiba Mais